/ GERONTO FAIR
Nós respeitamos a pessoa idosa. E você? Pequenas Atitudes Podem fazer vocês e as pessoas idosas muito mais felizes

Mostre você também, seu respeito, educação e atenção

 

  • No primeiro contato, refira-se à pessoa idosa como “Senhor”, “Senhora”, “Seu” ou “Dona”.
  • Um simples por favor, obrigado, com licença, desculpe pode significar muito e acredite - é transformador.
  • Ouça com atenção o que elas têm a dizer. Elas já tiveram muitas experiências e têm muito a nos ensinar.
  • Ofereça ajuda sempre que possível. Ao envelhecer, as pessoas perdem a força física, o equilíbrio e a agilidade.
  • Fique próximo, evitando o desequilíbrio nos embarques e desembarques dos transportes.
  • Segure portas e aberturas para facilitar a passagem da pessoa idosa.
  • Em estabelecimentos, alcance itens que estejam em prateleiras muito altas ou muito baixas.
  • Carregue as compras até o carro e ajude a colocar no porta-malas.
  • Respeite as sinalizações de locais e assentos preferenciais para as pessoas idosas. Ao perceber que alguém ocupa este lugar indevidamente, dirija-se à pessoa e, de forma educada, solicite que ela ceda o lugar à pessoa idosa. Se mesmo assim os espaços preferenciais estiverem ocupados, seja gentil e ceda o seu próprio lugar.
  • Incentive-os para que se divirtam. A interação social é um dos remédios mais importantes para a qualidade de vida.
  • Mostre interesse sobre a vida delas. Pergunte sobre a infância e como as coisas eram no passado. Peça para ver seus álbuns de fotografias e falem sobre as fotos.
  • Seja um amigo. Ofereça-se para ler para elas, tomar um chimarrão ou um chá. Elas vão amar a sua companhia.
  • Ao cruzar por uma pessoa idosa mantenha uma distância maior daquela que você passaria por alguém mais jovem. A visão periférica delas é reduzida e um esbarrão pode causar uma queda.
  • Não ache que elas possuem alguma deficiência. Quando não tiver certeza de que a pessoa tem dificuldades auditivas, de visão ou locomoção, pergunte. É melhor ser direto e atencioso do que ofendê-las ou deixá-las envergonhadas com posturas exageradas.
  • Coloque-se no lugar da pessoa idosa. Seja paciente. Elas levam mais tempo para desempenhar as tarefas do dia a dia e apressá-las causará desconforto e possíveis acidentes.

 

É importante, também, falarmos das situações onde há violação dos direitos e da segurança da pessoa idosa. Infelizmente,
é mais comum do que se imagina. Para isto, a atenção de todos é fundamental. Vigilância é a palavra. Das denúncias recebidas pelo
Disque 100, que as encaminha para os órgãos competentes dos direitos da pessoa idosa, as principais ocorrências estão ligadas a:

  • 69 % negligência
  • 59 % violência psicológica
  • 40 % abuso financeiro
  • 34 % violência física

 

Você pode denunciar uma violação aos direitos das pessoas idosas por alguma empresa, familiar ou tutor responsável.
As autoridades competentes e atuantes são:

  • Polícia
  • Ministério Público
  • Conselho Municipal do Idoso
  • Conselho Estadual do Idoso
  • Conselho Nacional do Idoso
  • PROCON para os abusos nas relações de consumo
  • Disque 100 do Ministério dos Direitos Humanos

As denúncias podem ser efetuadas de forma direta e você pode pedir que seja resguardado o sigilo para proteção pessoal do denunciante.

Você pode baixar a última versão do Estatuto da Pessoa Idosa em www.seniorlab.com.br/estatuto

Clique aqui para baixar a cartilha completa

Fonte: SeniorLab mercado & consumo 60+ com referências da Secretaria Especial dos Direitos da Pessoa Idosa, Procon, Ministério Público Federal, Ministério dos Direitos Humanos, Polícia Civil do Estado do Rio Grande do Sul.